30 de out de 2011

Delineando o programa

Nem tudo que acontece na vida é como a gente quer ou espera. Já vivi muitas coisas, mas nenhuma delas foi em vão, todas as experiências que tive serviram para meu amadurecimento e para me ajudar na superação do que posso encontrar pela frente. É impossível "fugir" de certas situações (lembrei do termo "enxugar o gelo"), é inevitável passar por outras. Muitas mudanças aconteceram. A vida é transformação. Mesmo que pareça que está tudo completo, ainda faltam pedaços; estes, busco a cada dia da minha existência, tentando visualizar o mundo com seus truques e armadilhas. Tem momentos em que me encontro esgotada, mas o tempo é o melhor aliado nesta busca. Muita calma, muito carinho e paciência.
# Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre....
Não me mostrem o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração...
Não me façam ser quem não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente...
Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras! Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma sempre! #
As transformações a que sou submetida me levam a ensinamentos surpreendentes e, neste momento estou passando por um aprendizado que envolve renúncias, paciência além do que já tenho, carinhos especiais. Isso tudo é essencial para minha evolução espiritual, mas não faço por obrigação, de "mau gosto", só pensando em proveitos. Faço porque quero, porque me sinto bem. Porém, nesta caminhada tento voltar a atenção um pouco mais para mim, depois de inúmeros desvios de pensamentos. O primeiro passo que dei foi não andar. Por paradoxal que possa parecer é preciso PARAR, rever minhas atitudes, minhas palavras ditas. A palavra chave é REPROGRAMAR minha vida, olhar à frente. Sei que não é algo fácil. Para começar essa reprogramação farei uma lista do que eu não quero mais para mim. Depois? Mãos à obra. Sempre começando pelo mais difícil. Jamais pelo mais fácil. Resolvendo os "problemas" mais difíceis, muitos deixarão de existir.

Nenhum comentário: