10 de jan de 2011

Oportunidade


Se a oportunidade não bater à sua porta...

Crie uma! * rsrsrsrsrsrsrs *

Às Minhas Queridas Amigas

O meu muito obrigado por vocês fazerem parte, ativamente, da minha vida.



Rosa
Socorro
Gal
Marcinha
Deni


Amo muito todas vocês!!!
Minhas irmãs, amigas, companheiras.
Como é maravilhoso quando nos encontramos! Muitas risadas, fofocas (tinha que ter, é claro, rsrsrsrs), até para um divã tem um espaço reservado.
Por amar tanto vocês, resolvi abrir para o mundo esse meu sentimento, essa minha gratidão por tudo.
Valeu!!!

Dicas de livros

Tô passando por aqui para deixar registrada algumas dicas de livros que gosto bastante. Espero que gostem.
*
Ontem Eu Chorei, Iyanla Vanzant - neste livro ela fala sobre as suas percepções de vida e o processo de viver. Tem um trecho que eu gosto muito quando ela fala sobre o Eu antigo e o Eu novo: "O Eu antigo ainda sente medo de coisas das quais o Eu novo se esqueceu há muito tempo ou nunca se lembrou. O Eu antigo tem amarras presas às necessidades de sobrevivência e medo, enquanto o Eu novo tenta corajosamente libertar-se e crescer... "
*
A Lição Final, Randy Pausch - o autor tinha 10 tumores no fígado, pouco tempo de vida e ministrou sua última palestra. Baseando-se nela, ele escreveu este livro. Uma verdadeira lição de vida, que mostra que devemos viver cada momento da nossa vida intensamente. É o que faço.
*
Amor é Prosa, Sexo é Poesia, Arnaldo Jabor - é uma coletânea de textos que fala sobre amor, sexo, mulher, família. Ele instinga nossa reflexão sobre esses temas (que, de certa maneira, são polêmicos) de forma comparativa entre o passado e o presente.
*
Por que os homens fazem sexo e as mulheres fazem amor, Allan e Barbara Pease - este livro fala de diferentes temas com as visões masculina e feminina. Por exemplo: os homens enxergam as cores como verde, azul amarelo... já as mulheres, verde claro, verde piscina, azul celeste, azul marinho... É uma leitura muito gostosa, divertida. Quem sabe, com esta leitura, os homens passem a entender melhor as mulheres? rsrsrsrsrsrsrsrs
*
Ostra Feliz não faz Pérolas, Rubem Alves - são crônicas sobre diversos temas: religião, velhice, amor... Ele diz que a partir do sofrimento produzimos pérolas para poder sobreviver. Vale a pena ler.
*
A Águia e a Galinha, Leonardo Boff - a águia e a galinha são animais com carcterísticas diferentes, daí o autor faz uma metáfora sobre a condição humana quando se expressa sobre o modo como vivemos e enfrentamos os desafios do dia-a-dia.
*
Para Viver um Grande Amor, Vinícius de Morais - adoro seus textos e poesias. Sem comentários...

Crítica... Eu? Passo longe disso...

Por defender tanto alguns filmes, em especial Harry Potter, já chegaram a me dizer que sou crítica. Vê se isso tem cabimento?
Defendo Harry (para os íntimos... rsrsrsr) sim. Defendo porque gosto, porque sou apaixonada pelos livros, pelos filmes... Viajo na fantasia desse bruxinho e seus amigos. E pode-se tirar muitas lições de cada aventura por eles vividas. Muita coisa boa: amizade, companheirismo, coragem, perseverança, respeito... Muitas dessas qualidades raras de se encontrar hoje em dia, nesse mundo louco, virado de cabeça pra baixo.
Viva o mundo da imaginação!

Diálogo entre amigos


Sobre o "Quero", tu queres mesmo?
Sim, claro.
Brotou do nada?
Acho que meu momento de tá sozinha já passou, já curti um pouco, já refleti também... acredito que temos fases na nossa vida.
E qual é a tua agora?
Creio que minha fase esteja mudando, o coração pedindo mais, a emoção também... deixando a razão de lado...
E sobre o último post... tu deste uma sugestão no final e tá cumprindo também?
Tô sim... todo dia digo pra minha filha que a amo. Esse dizer Eu te amo é para pais, filhos, amigos, companheiro... são diferentes formas de amar.
Eu sei disso. Mas o que acontece normalmente é que nos fechamos, não falamos, não elogiamos alguém, o medo é mais forte, medo do novo, do que pode acontecer, medo de sair da condição atual, medo de sofrer...
Pois é... mas precisamos mudar, refletir, viver, amar sem limites, passar pelas barreiras sociais sem medo... é isto que estou tentando fazer: mudar.
Todos temos que mudar... mesmo diante das decepções.
Sair da minha condição humana presa aos anseios de uma sociedade, me libertar e viver no mundo que acredito ser melhor... e vamos em frente.


9 de jan de 2011

Quantas vezes temos a oportunidade de dizer que amamos alguém, mas não temos coragem?
Quantas vezes nossa arrogância sobrepuja nossos melhores sentimentos e nos fazemos piores?
Por que é tão fácil ser duro e arrogante com alguém, e tão difícil demonstrar nosso amor àqueles que realmente amamos???
Aproveitem!!!
Digam EU TE AMO para as pessoas mais importantes da sua vida!

8 de jan de 2011

Quero

Quero viver a mais bela história de amor, nunca antes contada.
Quero amar plenamente, no silêncio da madrugada.
Quero estar ao teu lado, para juntos vivermos no limite do infinito.
Quero sair em busca da tranquilidade do seu colo, para me aconchegar quando mais precisar.
Quero andar nas nuvens e poder flutuar nos teus braços.
Quero percorrer os teus sonhos e fazer deles uma realidade surpreendente.
Quero que a nossa felicidade seja eterna... enquanto dure.

n 3 t

Aqui, aqui, aqui e aqui...
Mais uma vez na frente desta tela fria, onde olhares parados se cruzam e um teclado se faz de meio de comunicação.
Um universo diversificado de seres em busca dos mais variados desejos, talvez escondidos, talvez distantes e, quem sabe, até ao lado.
Encontros, buscas, melodias... tudo servido numa bandeja recheada de atrativos desnudos ou encobertos por uma membrana plasmática, fina, fácil de ser manipulada.
O mundo virtual: uma atração perigosa, envolvente... tudo que se pode ter ao alcance está aqui.
Aproveite!
Com moderação.

Palavras não falam...

"Eu não escrevo pra ninguém e nem pra fazer música
E nem pra preencher o branco dessa página linda
Eu me entendo escrevendo
E vejo tudo sem vaidade
Só tem eu e esse branco
Ele me mostra o que eu não sei
E me faz ver o que não tem palavras
Por mais que eu tente são só palavras
Por mais que eu me mate são só palavras "

(Mariana Aydar)

Escrevo para me entender, para relaxar, para colocar no papel meus sentimentos, minhas concepções de vida e sobre as pessoas. Escrevo para sonhar, viver emoções, relembrar momentos. Escrevo para viver num mundo só meu, onde encontro tranquilidade, companhia - rsrsrsr - liberdade e, acima de tudo, um amor verdadeiro, desinteressado.
Amo escrever!

Desvendando Mistérios

Dentre algumas coisas que tenho feito, visto, conhecido... encontrei você.
Um caminho estreito, com obstáculos ainda a serem vencidos e mistérios a serem desvendados.
Um emaranhado de teias complexas, onde podem estar escondidos segredos inimagináveis ou, quem sabe, envolvidos em densas nuvens impenetráveis à razão humana.