19 de out de 2011

Embarcando...


Pegando uma "ponga" num texto sobre viagem, me animei e arrumei minha mala.

Pensei num destino. Dúvidas resolveram povoar minha mente tão indecisa. Indecisão em resolver quando ir, mas o destino eu tenho... MAV (só alguns me entenderão). Até que decida quando ir, há um abismo.

Abismo de tempo, de sentimentos confusos, de incertezas... (porque abismo de distância não há). Tudo certo. Precisamos de uma construção diária que alimente a vontade, o desejo, o aconchego. Mas tenho paciência... ô se tenho... Me distraio com paisagens, livros, músicas e filmes (como vocês já estão cansados de saber). Isso tudo me acalenta, me absorve e me distancia um pouco da realidade. Me delicio.
Virtual, real, social... não dá pra separar, são sempre interdependentes e influentes, porém, deve-se lembrar que tudo em excesso faz mal, o legal e inteligente é saber dosar. Daí, é só correr pro abraço. Só não pode cair no abismo da loucura. A ponte é o equilíbrio, saber administrar a atuação e  a intensidade dos acontecimentos. 

Só para ilustrar...

Nenhum comentário: