21 de out de 2011

Triste fim Educacional - apenas um desabafo

É... para se dedicar à área da Educação tem que, em primeiro lugar, gostar muito do que faz. E, em segundo lugar, ter muita paciência. E saber, simplesmente, que as coisas NÃO acontecem.
Me sinto, ultimamente, desestimulada. Os alunos não são comprometidos com os estudos. Enquanto fazem atividades sobre temas já estudados, olho atenta e discretamente cada aluno na sala. Claro que existem excessões, tem aqueles que realmente estão ali realizando a atividade proposta, porém, a grande maioria não tem interesse: conversam, levantam da cadeira, ouvem música, atendem o celular e, principalmente, copiam a atividade pronta daquele que se esforçou para respondê-la.
Desestimulada também em relação ao colégio, não se tem material disponível para trabalhar. Não há livro didático suficiente para todos os alunos. Por onde irão estudar? Apenas pelas aulas? Copiar o conteúdo no quadro branco está sendo uma das soluções (até o momento em que não prejudique o professor com tendinites e "ler") porque material impresso ou xerocado "não pode". Xérox e impressão apenas para atividades avaliativas (diga-se de passagem, apenas provas). A clientela é, a grande maioria, desfavorecida economicamente, então não posso exigir que tirem cópias de apostilas feitas por mim.
Alunos precisam sair mais cedo da última aula porque tem que pegar o transporte escolar para ir pra casa (estes moram em distritos). O primeiro horário de aula também é prejudicado porque muitos alunos chegam atrasados.
Sem falar ainda na falta de respeito que os alunos têm com professores e funcionários da instituição de ensino: xingam, fazem gestos obcenos, usam palavras de baixo calão, etc. Como punição, apenas advertência (oral). E tudo acontece novamente. Mais advertência (oral)... E fica por isso mesmo.
Fazendo de conta que está alheio a tudo isso, tem o governo com sua falta de incentivo e apoio aos professores. E, digamos de passagem, falta de respeito também.
Onde vamos parar?
Onde nossos alunos irão chegar?

Nenhum comentário: