7 de set de 2012

Relatório


Sonho avesso
Desperto
Adormeço
No começo do meio sem fim
Até o entardecer
Da rima do coração.

Sufoco
Acordo
Reajo
Na lente da vida
Enfim...

Sou torpedo
Surpresa
Mistério
Na manhã do dia longo.

Seja, assim, 
Preciso
Envolto
Ilusão qualquer.


Nenhum comentário: