27 de set de 2011

Meu* artigo na revista Faeeba

REPRESENTAÇÕES E PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL
EM UMA ESCOLA PÚBLICA
DO MUNICÍPIO DE FEIRA DE SANTANA (BA):
subsídios para a ambientalização do currículo escolar

RESUMO

Considerando que a Educação Ambiental vem sendo apontada como uma prática urgente e importante para a sociedade, iniciou-se um trabalho de Educação Ambiental em uma escola da rede pública estadual de Feira de Santana (BA), que teve como principal objetivo a inclusão da temática ambiental em seu Projeto Político Pedagógico. A metodologia adotada por este trabalho foi a da pesquisa-ação, durante a qual foi realizado um primeiro diagnóstico (através de questionários exploratórios) com os alunos e professores desta escola, a fim de perceber as suas representações sociais em relação ao meio ambiente e à Educação Ambiental. As concepções de meio ambiente expressas nos questionários, tanto dos professores quanto dos alunos, em sua maioria o identificaram com a natureza, um ambiente original, do qual os seres humanos não fazem parte. Após a etapa diagnóstica, os professores elencaram os problemas ambientais percebidos na escola e fizeram leitura e discussão de textos relacionados à temática ambiental. A partir destes caminhos já trilhados e do registro dos progressos e dificuldades da intervenção, nós, professores, discutimos os resultados obtidos e promovemos um planejamento participativo de ações de Educação Ambiental a serem inseridas no Projeto Político-Pedagógico da referida escola.
Palavras-chave: Educação formal – Planejamento participativo – Representação Social

Quem tiver interesse em ler todo o artigo, é só clicar neste link. O artigo está na revista nº 28, páginas 161 a 172.

*A outra autora (co-autora) foi minha professora e orientadora na especialização.

Nenhum comentário: