14 de jan de 2012

Desacelerado


Os dias passam
A espera continua
Em ritmo lento

O vento sopra
Seu perfume
Numa brisa constante

E eu aqui
A te ler nas entrelinhas
De momentos sublimes

Nenhum comentário: