28 de nov de 2011

As melhores coisas da vida


Como viver sem abraços, sorrisos, amigos, beijos, família, amor, boas lembranças, descanso...?
Mas você pode também curtir a vida, se divirtir, fazer loucuras, agarrar as oportunidades que a vida te mostrar... Porém, é preciso desfrutar mais um pouco de tudo que nos envolve de maneira aconchegante.

Tudo que me cerca são as coisas mais simples da vida. São elas que me fazem feliz, realizada, que me sustentam no momentos mais delicados da minha vida, na confusão que é meu dia a dia, no escasso tempo disponível. Ultimamente tenho refletido bastante sobre como estou gastando meu tempo, sobre meus sentimentos, às vezes confuso. Você pode me perguntar: "E a que conclusão chegou?". E eu te respondo com todo prazer: "Nenhuma!". Pois é... estou sempre divagando e sorrindo... sempre.

Análise você também a sua vida e repare quantas coisas maravilhosas estamos deixando passar na correria que vivemos!

Sou como você me vê. 
Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania.
Depende de quando e como você me vê passar. 
#
(Clarice Lispector
 

Nenhum comentário: