1 de dez de 2012

O retrtato de um conto VIII

SSPS

O dia amanheceu nublado, com uma cara de poucos amigos, nada agradável para um almoço regado a muita diversão na área da piscina.
- Para mim tanto faz, os convidados não são meus mesmo... - resmungou Alice.
Esse almoço foi planejado pela mãe de Alice, D. Júlia, que tinha como objetivo apenas a vontade de reunir a família e os amigos uma vez por mês. Mas Alice não estava animada para tal evento, ela não gostava de ficar no meio de muita gente, preferia a tranquilidade do seu quarto. Tinha também que estudar, pois as provas do final do semestre estavam chegando.
A manhã transcorreu normalmente. D. Júlia deu os últimos retoques no que faltava organizar e instruiu os garçons e ajudantes para o trabalho durante o evento. Enquanto isso, Alice estudava no escritório e, de vez em quando, olhava as mensagens que chegavam na sua caixa de entrada de email. Ela estava intrigada com um email que recebeu na noite anterior, de um remetente que assinava como SSPS.

"Estou sempre aqui. Se você me perceber, o prêmio será seu."

Este não foi o primeiro email que Alice recebeu de SSPS. Os anteriores revelavam uma pessoa carinhosa, romântica, até sincera, que se declarou para Alice a partir de enigmas. E ela até que se divertia ao tentar decifrá-los, e acabava gostando. Mas, este último email foi diferente. "O que ele quis dizer com isso?", pensou Alice.
Os convidados foram chegando e se dirigindo para a área da piscina. Alice resolveu ir para o quarto, decidiu que iria almoçar por lá mesmo. Do seu quarto ela escutava a música animada, a conversa dos convidados, os megulhos na piscina, o barulho que as crianças faziam. Como não conseguia se concentrar, resolveu olhar seus emails novamente. Para sua surpresa, uma nova mensagem de SSPS.

"O que é seu está ao seu lado, nas águas que banham o verde, no ponto mais alto do sol. O fim se aproxima. A revelação está ao seu alcance."

Alice riu, mas não sabia se era de nervoso, felicidade ou os dois ao mesmo tempo. Pela primeira vez ela respondeu ao email com uma pergunta nunca feita antes.

"Quem é você?".

Em poucos minutos, novo email de SSPS chegou.

"Romeu chama Julieta. Jogue-me suas tranças. Julieta atende Romeu.".

O coração de Alice parecia que ia saltar pela boca de tão disparado que estava. Ela levantou da cadeira bem devagar e, como Julieta, se dirigiu à janela do seu quarto. À sua frente estava Henrique (filho de uma amiga de D. Júlia), em pé, descalço no gramado, junto à piscina, vestindo uma camisa branca com uma frase na cor preta. As letras maiúsculas de cada palavra formavam "SSPS". 

A frase?

Serei Seu Para Sempre.


Um comentário:

Paullo disse...

Curto, simples, porém com uma expressividade encantadora...parabéns Bel, adorei o conto!