18 de nov de 2012

Julieta em Siena


Taí um livro que aaaameiiii ler (aliás eu amo muitos rsrsrsrsr). Um romance contemporâneo, com suspense, que faz menção à história de Romeu e Julieta, de Shakespeare, que, segundo a autora, ocorreu em Siena, no ano de 1340 (apresentada por um enorme embasamento histórico).
O livro é maravilhoso, os personagens são bem construídos, marcantes e a história de amor é vista por vários ângulos, cheia de suspense e reviravoltas. Ao mesmo tempo, me fez rir e chorar, sentir raiva, desconfiança e me apaixonar.

 
Julie Jacobs e sua irmã gêmea, Janice, nasceram em Siena, na Itália, mas desde os 3 anos foram criadas nos Estados Unidos por sua tia-avó Rose, que as adotou depois de seus pais morrerem num acidente de carro. Passados mais de 20 anos, a morte de Rose transforma completamente a vida de Julie. Enquanto sua irmã herda a casa da tia, para ela restam apenas uma carta e uma revelação surpreendente: seu verdadeiro nome é Giulietta Tolomei. A carta diz que sua mãe havia descoberto um tesouro familiar, muito antigo e misterioso. Mesmo acreditando que sua busca será infrutífera, Julie parte para Siena. Seus temores se confirmam ao ver que tudo o que sua mãe deixou foram papéis velhos – um caderno com diversos esboços de uma única escultura, uma antiga edição de Romeu e Julieta e o velho diário de um famoso pintor italiano, Maestro Ambrogio. Mas logo ela descobre que a caça ao tesouro está apenas começando. O diário conta uma história trágica: há mais de 600 anos, dois jovens amantes, Giulietta Tolomei e Romeo Marescotti, morreram vítimas do ódio irreconciliável entre os Tolomei e os Salimbeni. Desde então, uma terrível maldição persegue essas duas famílias. E, levando-se em conta a linhagem e o nome de batismo de Julie, ela provavelmente é a próxima vítima. Tentando quebrar a maldição, ela começa a explorar a cidade e a se relacionar com os sienenses. À medida que se aproxima da verdade, sua vida corre cada vez mais perigo. Instigante, repleto de romance, suspense e reviravoltas, Julieta – livro de estreia de Anne Fortier – nos leva a uma deliciosa viagem a duas Sienas: a de 1340 e a de hoje. É a história de uma lenda de mais de 600 anos que atravessou os séculos e foi imortalizada por Shakespeare. Mas é também a história de uma mulher moderna, que descobre suas origens, sua identidade e um sentimento devastador e completamente novo para ela: o amor.


Aqui você encontra uma entrevista feita com Anne Fortier, imagens de Siena (por onde Julieta pasou), a notícia que o livro Julieta vai "virar" filme, etc.

Só para babar um pouquinho:

Palazzo Chigi-Saracini, casa medieval da família Marescotti


Palazzo Pubblico



2 comentários:

Gabriel Ribeiro Gomes disse...

Bem legal sua resenha mais não me interessei pelo livro beijos :D

euvivolendo.blogspot.com ( comenta lá :D e vota no post )

Thais Pitanga disse...

Simplesmente perfeitooooooooooo... TErminei de ler e minha vontade era de começar de novo!! Quando estava lendo tive a mesma sensação de um dos críticos do livro, um Código da Vince de Shakespeare rsrs!!