7 de abr de 2011

MAV

Saber explorar tudo que for possível dos momentos em que estivermos juntos. Cada minuto é especial. Cada encontro vale a pena desde que a realidade não seja comprometida com sentimentos, talvez, confusos, novos (?), que me envolvam numa rede de conflitos que só servem para atiçar meus neurônios, fazendo-os entrar em curto-circuito.
Me diz como resistir aos teus encantamentos? E às tuas investidas tão sutis e determinadas? Procuro resistir, mas não quero.
Com você, conheci outra forma de perceber a vida, os momentos especiais e as vontades, antes, tão adormecidas. Mas elas acordam e ficam à espera do teu olhar, do teus gestos, teu sorrriso, das tuas palavras.
Me sinto como uma cientista explorando um mundo ainda desconhecido: o teu mundo. A ideia de penetrar, aos poucos, neste ambiente cheio de mistérios e parcialmente ocupado, me faz seguir adiante, com expectativas um tanto quanto ambiciosas, sem direito a retorno.
Seguir sempre em frente!!!

Nenhum comentário: